À partir de agora, todas as notícias relacionadas ao Chris Evans, sejam elas fotos ou entrevistas, por exemplo, serão postadas em nossas redes sociais. O site será para fins de divulgação de fotos e das redes sociais do CEBR. Acompanhe a seguir!
postado por Sara Teles e categorizado como Uncategorized
06.08.2020

Numa época em que Chris Evans podia usar sua fama e plataforma – incluindo quase 14 milhões de seguidores no Twitter – para fazer quase qualquer coisa ou fazer quase qualquer filme, ele decidiu se aventurar no mundo da política com o site bipartidário “A Starting Point”.

O ator, mais conhecido por seu papel como Capitão América dos Vingadores, diz que a idéia surgiu de sua própria frustração por não conseguir encontrar informações on-line confiáveis e baseadas em fatos sobre tópicos e políticas políticas básicas.

“Não é que eu seja especificamente atraído pela política. É só quando você olha em volta e tenta descobrir como pode ajudar”, disse ele à PEOPLE na última edição.

O site está dividido em três seções: “Starting Points”, que é uma seção do tipo glossário, com respostas de dois minutos a perguntas comuns de nossos funcionários eleitos; “Daily Points”, que mostra os políticos participantes conversando por um minuto sobre qualquer assunto que desejem abordar; e “Contrapontos”, uma seção que apresenta uma discussão entre dois funcionários eleitos que têm pontos de vista diferentes sobre um assunto.

“Há muitas coisas que você pode fazer como ator com o seu nome”, diz Evans, 39. “Eu poderia estar bebendo – eu não desencorajo ninguém de fazer isso, eu amo beber – mas não há como negar que eu interpretei um certo personagem, e isso se alinha com parte da minha natureza em termos de ser alguém politicamente envolvido e que se preocupa com o bem-estar das pessoas neste país”. Ele continua: “Você precisa usar sua plataforma para fazer mais do que apenas retuitar as coisas”.

Evans está acostumado a se pronunciar politicamente, inclusive criticando o presidente Donald Trump. Ele se expressa livremente nas mídias sociais – uma franqueza que foi incutida nele desde cedo.

“Minha família sempre foi muito política. Muito, muito vocal”, diz ele. “É sempre a conversa em torno da mesa de jantar. Não é algo que jamais evitamos.”

O tio de Evans, Michael Capuano, cumpriu 10 mandatos no Congresso e o ator se lembra com carinho de fazer campanha por ele em sua juventude.
“Sempre tive muito orgulho dele”, diz ele.

Embora Evans tenha suas próprias crenças políticas fortes, você não as encontrará em lugar algum de “A Starting Point”.
“Minha opinião não está em nenhum lugar do site”, diz ele. “Eu acho que isso é realmente importante se você quiser se tornar sinônimo de um local de informações imparciais e representar com precisão o que está acontecendo em Washington”.

Evans e seus co-fundadores, Mark Kassen, diretor e produtor, e empresário de tecnologia Joe Kiani fizeram questão de envolver funcionários eleitos de ambos os lados do corredor político.
Eles fizeram quase uma dúzia de viagens a Washington, DC, para se reunir com políticos e agora têm mais de 170 senadores, congressistas, governadores e prefeitos em destaque no site – embora tenha sido trabalhoso levá-los até lá.
“Eu pensei que haveria um pouco mais de vontade, um pouco mais de confiança, mas não havia”, diz Evans. “Foi bom quando a bola começou a rolar. Acabei realmente me inspirando de várias maneiras por muitas coisas que vi. Eles são funcionários públicos. São apenas pessoas tentando ajudar outras pessoas”.

Evans diz que desde que o site foi lançado em julho, a resposta tem sido ótima.
“Se a única coisa que alcançamos é o engajamento político de um eleitor apático, então fizemos nosso trabalho”, diz ele. “O sucesso parece com mais pessoas votando”.
Ele acrescenta: “Temos o poder. Temos os números. Podemos fazer esse mecanismo funcionar para nós, se estivermos todos envolvidos”.

relacionado
17.08.2020
relacionado
01.08.2020
relacionado
23.07.2020
relacionado
16.07.2020
comente a postagem!