Chris Evans Brasil
Seja bem-vindo ao Chris Evans Brasil, sua primeira, maior e melhor fonte brasileira sobre o ator Chris Evans. Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, campanhas e muito mais, além de entrevistas traduzidas e uma galeria repleta de fotos. Navegue no menu abaixo e divirta-se com todo o nosso conteúdo. Esperamos que goste e volte sempre!
nosso foco estará agora em nossas redes sociais; acompanhe-nos abaixo!
mais

Chris Evans na sua fase tumblrzinho: Appreciation tweet. ♡ pic.twitter.com/E4QciVHTPh

Cerca 5 horas atrás from Chris Evans Brasil's Twitter via Twitter for Android

curta a nossa página do facebook e não perca nada!

anúncio
postado por Luanna Vitória e categorizado como Uncategorized
05.07.2018

Em homenagem ao aniversário do Capitão América (4 de julho, é claro) vamos dar uma olhada em como o ator que o interpreta, Chris Evans, é um super herói na vida real. A Marvel claramente sabe como escalar eles.

1- Ele pode saltar todo o comprimento de Chris Pratt sem suar a camisa

No Super Bowl em 2015, Evans apareceu com “The Tonight Show’s Jimmy Fallon” e demonstrou sua irreal proeza física pulando sobre sua Co-Estrela da Marvel, Chris Pratt

2- Ele colocou seu uniforme para fazer uma visita em um hospital de crianças

Evans e Pratt também visitaram “Seattle Children’s Hospital” juntos. Evans foi à caráter de Capitão América, com escudo e tudo
Com a sua pequena Co-Estrela de “Gifted”, McKenna, Evans visitou pacientes em um hospital de crianças em Los Angeles

3- Ele é um defensor vocal dos direitos da comunidade LGBT

O irmão do Evans, o ator Scott Evans, é gay, e Evans não poderia ser mais apoiador. Ele tweeta sobre o assunto e apoia eventos do Orgulho. Chris falou sobre como crescer com Scott e duas irmãs o ajudou à cultivar compaixão e entendimento com pessoas com identidades diferentes da sua
“Eu nunca senti nenhum tipo de reação ou atrito como resultado da postura que tomei na minha carreira em apoio ao meu irmão ou qualquer outro direito humano… esperançosamente, isso vai continuar assim daqui pra frente”. Disse Evans em uma entrevista

4- Ele é o melhor irmão

Scott Evans frequentemente aparece com Chris em programas de televisão, onde eles compõem uma, hilária e adorável, equipe fraterna. Chris e Scott tem duas irmãs, Shanna e Carly

5- Ele realmente, realmente ama a sua mãe

Evans sempre tira um tempo para elogiar a sua mãe, Lisa, à quem ele é incrivelmente próximo. Ele chama os seus pais de “vasos de amor”

6- Ele sempre luta pelos menos afortunados

Evans usa sua conta do twitter para promover e apoiar problemas como imigração, igualdade de gênero e racial, controle de armas, direitos dos LGBT, cuidados de saúde e mais

7- Ele não tem medo de entrar em uma batalha para defender outros

Evans expressou o desejo de enfrentar um homem que alegadamente bateu em uma mulher durante um protesto

8- Ele é ativamente envolvido nas políticas da América da vida real

O tio do Evans, Mike Capuano, é um representante da Câmara dos EUA (D) para Massachusetts. Evans tem estado entusiasmado com o seu suporte ao seu tio nas redes sociais, também tweetando sobre as próximas eleições e encorajando os americanos à votarem

9- Ele Resgata e Ama Cachorros

Evans é uma pessoa que prefere cachorros e frequentemente discute seu parceiro de crime favorito, seu cachorro resgatado, Dodger. No dia nacional do animal de estimação, ele compartilhou o vídeo mais fofo de quando ele e Dodger se conheceram
“Eu peguei ele e ele é um cachorro tão bom” disse Evans à revista “People”. “Eles o envelheceram em cerca de um, ele age como um filhote, tem a energia de um filhote, ele é simplesmente um fofo, ele é um ótimo garoto. Ele ama cachorros, ele ama crianças, ele é cheio de amor”

10- Ele apoia seus amigos e até compartilha tatuagem com suas Co-Estrelas de “Vingadores”

Assim como o inabalavelmente leal Capitão, Evans está rodeado de amigos que são muito importantes pra ele. Ele é interessado em promover os projetos deles, enviar mensagens afetuosas e até obter tinta permanente para mostrar sua ligação

11- Ele tem movimentos de super-herói

Evans performa muitos das suas próprias acrobacias que desafiam a morte. Recentemente ele tweetou vídeos mostrando os bastidores para o filme “Capitão América: Soldado Invernal”

12- Assim como Steve Rogers, Evans é um garoto de teatro sensível

Nas HQ’s da Marvel, Steve Rogers era uma criança criativa antes de ser transformado no Capitão América. Evans ama falar sobre seu passado de teatro, recentemente fez sua estreia na Broadway com a peça “Lobby Hero”, e está entusiasmado em mencionar – e demonstrar – sua afinidade com a dança de sapateado
E assim como o Capitão, Chris Evans sempre é humilde

Fonte
Tradução Luanna Vitória
Créditos Chris Evans Brasil

postado por Iana Santana e categorizado como Destaques, Os Vingadores: Guerra Infinita
14.05.2018

Exclusivo: Aqui está um projeto quente chegando ao mercado para animar o domingo. O astro das franquias Vingadores e Capitão América, Chris Evans, foi escalado para liderar o suspense de gangues Greenland, o mais recente de Neill Blomkamp, do Distrito 9. Equipamento de rápido crescimento, Anton está produzindo ao lado de Basil Iwanyk, da Thunder Road Pictures. Anton está co-financiando com a Riverstone Pictures. A STXinternational está lidando com a distribuição no exterior, apresentando o projeto aos compradores e distribuindo diretamente no Reino Unido e na Irlanda. A CAA Media Finance providenciou o financiamento e repassou os direitos internos juntamente com o conteúdo da Endeavor.

Detalhes sobre o terreno de Greenland estão sendo mantidos em segredo. É a história da luta de uma família pela sobrevivência diante de um desastre natural cataclísmico. A fotografia principal está marcada para o último trimestre de 2018.

Sébastien Raybaud e Harold van Lier, da Anton, são produtores executivos de Nik Bower e Deepak Nayar, da Riverstone. A Thunder Road desenvolveu a imagem com a Riverstone e a financista britânica Ingenious Media.

“Quando lemos Greenland, sabíamos que era exatamente o tipo de filme que queríamos fazer quando construímos o gênero Anton, inteligente e cheio de personagens, com ação e coração. Estamos muito animados para trabalhar ao lado de nossos amigos da STX com talento excepcional como Neill Blomkamp, Chris Evans e Basil Iwanyk ”, diz Raybaud, CEO da Anton.

David Kosse, presidente da STXinternational, acrescenta: “A Greenland é o tipo de gênero altamente comercial que vê Neill Blomkamp fazendo o que ele faz melhor: entregar uma narrativa inteligente, nova e conceituada em um mundo que podemos reconhecer facilmente. Nós nos sentimos imediatamente atraídos por esse talento teatral de lançamento de um grande talento, tão característico da marca STX. Trabalhar ao lado de Neill, Thunder Road, Riverstone e Anton para levar isso ao mercado é uma tremenda oportunidade. ”.

Evans está atualmente em telas no filme da Marvel Vingadores: Gueera Infinita, que arrecadou mais de US $ 1,4 bilhão em todo o mundo. Nos últimos tempos, ele também está expandindo seu alcance criativo, fazendo sua estréia na direção com o drama Before We Go e o The Red Sea Diving Resort, de Gideon Raff, que a STXinternational também está fazendo. Ele também está atualmente na Broadway com uma crítica elogiada no Lobby Hero.

Blomkamp foi aclamado internacionalmente como co-roteirista e diretor da inovadora ficção científica District 9, pelo qual foi indicado ao Oscar de Melhor Roteiro Adaptado. Seus filmes seguintes, Elysium, estrelado por Matt Damon e Chappie, estrelado por Hugh Jackman e Dev Patel, arrecadaram mais de $ 388 milhões juntos.

Greenland é um projeto quente para a STXinternational Slate, que floresceu desde a divisão lançada sob Kosse em 2016. Os próximos lançamentos incluem Adrift, de Baltasar Kormakur, estrelado por Shailene Woodley e Sam Claflin (também co-financiado pela Ingenious) em junho; e Mile 22 do diretor Peter Berg e estrelado por Mark Wahlberg, e The Happytime Murders, estrelado por Melissa McCarthy, ambos em agosto.

Kosse diz: “A recente reação do CinemaCon à nossa atual lista foi uma maravilhosa validação das escolhas que fazemos ao investir em nossos filmes e cineastas. Há apenas um punhado de filmes realmente grandes disponíveis para o mercado internacional e a STX está consistentemente conseguindo ser uma empresa de destino para esses filmes – tanto nossas próprias produções internas quanto títulos que representamos. Nós saímos de Cannes no ano passado lidando com um dos títulos mais valiosos de All the Money In The World e este ano parece igualmente gratificante. ”

Anton apoiou sucessos como a franquia de Paddington e Shaun The Sheep, e está se expandindo rapidamente em dramas de TV de ponta através de sua parceria com o BBC Studio, apoiando programas como McMafia. Também é líder no financiamento e venda do Fireheart, o próximo projeto animado dos produtores de Bailarina e Intocáveis.

Evans é representado pela CAA, 3 Arts Entertainment, Narrative PR e pelo advogado Jason Sloane. Blomkamp é representado pela WME e pela Gendler & Kelly.

Fonte: Deadline
Tradução: Iana Santana
postado por Iana Santana e categorizado como Entrevistas, Os Vingadores: Guerra Infinita
01.05.2018

Traído pelo sistema. Expulso pela liderança de seu amado país. De repente, amargamente em desacordo com amigos de longa data. Com certeza tem sido filmes difíceis para o Capitão América de Chris Evans.

“O governo e as forças armadas sempre procuravam a ordem e o senso de casa”, diz Evans, nativo de Sudbury, falando por telefone de Nova York. “Em‘ O Soldado de Inverno ’, quando aqueles falharam, sua família escolhida se tornou a coisa que ele colocaria em seu tempo. Então, na “Guerra Civil”, isso se desfez.

O público que procura o velho Steve Rogers, super soldado, pode ter que sentar-se um pouco para assistir “Vingadores: Guerra Infinita”. “Tem havido esse período de tristeza e desilusão, em que você entra em si por um tempo”, ele disse. continuou. “Mas vamos vê-lo ressurgindo e se reconectando.”

Evans, 36 anos, compartilhou pensamentos sobre o novo filme – e sua turnê de sete anos como Capitão América – durante um dia de folga de sua estréia na Broadway, “Lobby Hero”, um revival de um drama escrito por “Manchester by the Sea”. -diretor Kenneth Lonergan.

P. Você vem sendo o Capitão América desde “O Primeiro Vingador” em 2011. O processo de fazer esses filmes mudou para você?

R. Durante os primeiros filmes, eu estava um pouco sobrecarregado. Você é grato por estar lá, mas também se sente intimidado pela magnitude e pela responsabilidade. Mas quando você se torna mais e mais confortável com o processo, tudo se eleva em uníssono. As pessoas com as quais você está trabalhando começam a se tornar familiares, você se torna muito mais familiarizado com o modo como essas coisas ganham vida e você pode começar a ser mais preciso e envolvido.

P. O que é mais gratificante sobre a maneira como você conseguiu desenvolver o CA nesses muitos filmes?

R. É emocionante realmente crescer com um personagem e encontrar um arco mais amplo e de longo prazo, em vez de ter que realizar algo em uma hora e meia. Mas para ser honesto, nada disso realmente funcionaria se não fosse pelo pessoal da Marvel. Eles se importam muito com os personagens porque são eles mesmos fãs. Você faz apenas uma coisa pequena e então fica de pé sobre os ombros.

P. Com quais atores você mais interage com o elenco da “Guerra Infinita”? E os pareamentos da Marvel são puramente sobre a história, ou a química figurada nela?

R. Eu acho que eles levam em consideração muitas coisas – que os fãs gostam de assistir juntos; de quem os personagens se beneficiam, com base em suas naturezas, para onde estão tentando enviar cada um. Sem estragar nada, eu diria que tenho um monte de coisas com a Scarlett [Johansson] novamente desta vez. Uma das linhas de sustentação da CA foi sua relação com a Viúva Negra. É uma amizade improvável, onde eles realmente dependem um do outro de uma maneira muito específica.

P. O aspecto físico de ser o CA e o pedágio ainda é comparável a quando você começou?

R. Não, eu definitivamente posso me sentir envelhecendo um pouco. Houve alguns momentos no roteiro onde eu os li e pensei: “Uau, isso vai ser um desafio.” Ainda é divertido ir trabalhar e realmente se jogar por aí, e é recompensador ir para casa naqueles dias e sinto que você contribuiu e deu tudo que você tinha. Mas certamente é um pouco mais difícil acordar na manhã seguinte [risos].

P. Se há alguma parte da iconografia do CA que as pessoas agora consideram especificamente como um toque de Chris Evans, o que você espera que seja?

R. Ser altruísta sem ser hipócrita. É um perigo – ele é um personagem muito magnânimo, muito nobre, e eu acho que isso pode cair na piedade facilmente. Então, tentando manter a sensação de ser um bom homem sem, basicamente, ser chato.

P. Isso é um bigode que você está usando para o personagem policial que você interpreta no “Lobby Hero”. Os fãs devem se preparar quando o pegarem no circuito de publicidade dos “Vingadores”?

R. Sim, infelizmente, eu não posso tirar isso. Essa coisa está comigo no próximo mês.

 

Fonte: The Boston Globe

Tradução: Iana Santana